Mais um foguete lançado da Faixa de Gaza contra Israel

Ativistas palestinos dispararam um foguete na manhã desta sexta-feira a partir da Faixa de Gaza contra o sul de Israel, sem provocar vítimas ou danos materiais, anunciou uma fonte militar.

Redação com agências internacionais |

O foguete, de curto alcance, foi lançado do setor de Bait Lahiya, norte do território controlado pelo grupo radical Hamas, e explodiu em um terreno baldio na região de Shaar Hanegev.

O novo disparo aconteceu apesar do cessar-fogo, em vigor desde 18 de janeiro, que acabou com a ofensiva militar israelense na Faixa de Gaza, que terminou com a morte de 1.330 palestinos.

A operação militar israelense tinha como objetivo declarado acabar com os lançamentos de foguetes a partir de Gaza. No entanto, desde o fim da ofensiva foram disparados vários projéteis, o que provocou represálias de Israel.

Soldado israelense capturado

O dirigente "número 2" do Hamas, Moussa, Abu Marzuk, reiterou sua rejeição a vincular a libertação do soldado israelense Gilad Shalit, que mantém em cativeiro, com o fim do bloqueio de Israel a Gaza em declarações publicadas nesta sexta-feira pelo jornal árabe "Al-Hayat".

"Rejeitamos totalmente relacionar a libertação do militar israelense Gilad Shalit com o fim do bloqueio", afirmou Abu Marzuk, que vive exilado em Damasco.

Abu Marzuk assinalou que a libertação de Shalit, capturado em junho de 2006 por milicianos palestinos em Gaza, nunca ocorrerá a menos que em uma troca de prisioneiros.

"Nunca sucumbiremos ao 'suborno'", disse o dirigente do grupo islamita, que controla a Faixa de Gaza desde que a tomou pelas armas da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

Há dois dias, outro membro do Hamas, Salah Bardawil, integrante da equipe que negocia no Cairo uma trégua permanente com Israel, revelou que os israelenses tinham oferecido permitir a entrada em Gaza de 75% dos produtos que atualmente proíbe, em troca da entrega de Shalit.

Israel atacou a Faixa de Gaza durante três semanas, em uma ofensiva que deixou quase 1.400 mortos, após ser atacada com foguetes pelo Hamas durante 11 dias, em dezembro

Leia também:

Leia mais sobre: Faixa de Gaza

    Leia tudo sobre: faixa de gaza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG