Mais intelectuais pró-reformistas são presos no Irã

Teerã, 17 jun (EFE).- O professor universitário Hamid-Reza Khalipour e o analista político Said Laylaz, ambos partidários do reformismo no Irã, foram detidos, confirmaram à Agência Efe familiares e amigos de ambos.

EFE |

Laylaz foi detido em sua casa hoje de madrugada por um grupo de homens que o levaram a um lugar desconhecido, explicou uma pessoa próxima a ele.

Khalipour, que apoiou nos últimos meses a campanha presidencial do líder da oposição iraniana, Mir Hussein Moussavi, também foi preso hoje. Segundo sua família, seu computador foi apreendido durante sua detenção.

Desde o sábado passado, quando começaram os protestos contra a polêmica reeleição do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, as autoridades do país detiveram centenas de partidários do movimento reformista, que denuncia irregularidades no pleito.

Um dos detidos destaca é o ex-vice-presidente do Irã Mohamad Ali Abtahi, que ocupou o cargo no último Governo reformista no país. EFE jm-msh/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG