Rabat, 23 jun (EFE).- Um novo grupo de 40 imigrantes de origem subsaariana tentou entrar este domingo à noite em Melilla (território da Espanha na África) pelo posto de fronteira de Beni-Enzar, depois que de manhã outros 70 tivessem conseguido, dos quais 58 foram detidos, informaram hoje fontes oficiais.

A tentativa de atravessar pela força a passagem principal entre Marrocos e o território espanhol aconteceu por volta das 22h15 (20h15 de Brasília), e desse grupo 20 pessoas foram detidas antes de chegar à região de alfândegas e o resto conseguiu fugir, informa a agência de notícias marroquina "MAP". EFE mgr/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.