Mais dois transplantes de rosto são bem sucedidos, dizem médicos

Dois novos transplantes de rosto foram bem sucedidos, e especialistas esperam que o procedimento possa se tornar mais comum. Os pacientes eram um homem chinês que foi atacado por um urso e o outro, um francês, desfigurado por um tumor facial.

BBC Brasil |

Ambos os casos foram descritos na revista especializada Lancet.

O chinês, de 30 anos, recebeu lábios, nariz, pele e músculo de um doador, além de ossos da face, em abril de 2006. Um ano e meio antes ele fora atacado por um animal, perdendo boa parte dos tecidos do lado direito da face. A operação foi realizada no Hospital Xijing, em Xi'an City, e o doador era um homem de 25 anos que morreu em um acidente de trânsito.

Apesar do tratamento, o paciente teve problemas de rejeição dos novos tecidos em três ocasiões. Seus médicos afirmam, contudo, que ele está bem e acreditam que transplante de face será uma opção viável no longo prazo.

O segundo paciente, de 29 anos, foi operado no hospital Henri-Mondor no subúrbio parisiense de Créteil, em janeiro de 2007. O tumor que ele tinha na parte central e inferior da face dificultava até mesmo a fala.

'Monstro'
A cirurgia para a remoção do tumor coincidiu com a de transplante de face. Foram registradas reações de rejeição em duas ocasiões mas, um ano depois, os médicos declararam a operação bem sucedida. Segundo o artigo, já há um retorno da sensibilidade e movimento na área transplantada.

O paciente havia dito para os médicos que era considerado "um monstro", mas que agora se sente como uma pessoa anônima na multidão. Ele também começou a trabalhar por período integral na área de contabilidade 13 meses após a cirurgia.

A francesa Isabel Dinoire se tornou a primeira paciente a passar por um transplante de rosto em 2005, depois de ter sido mordida por um cachorro. Ela qualificou os resultados de sua cirurgia como "um milagre".

Médicos em Londres se preparam para realizar o primeiro transplante do tipo na Grã-Bretanha.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG