Mais de cem supostos talibãs morreram em operação no Afeganistão

Cabul, 28 ago (EFE).- Mais de cem supostos talibãs morreram em operações de combate das forças afegãs e americanas em um dos principais redutos dos insurgentes, a província de Helmand, segundo um comunicado divulgado hoje pelo comando militar dos Estados Unidos.

EFE |

Os confrontos, desde 25 de agosto até hoje, ocorreram depois que as tropas da coalizão liderada pelos EUA e as forças afegãs patrulharam pela zona e foram atacados por insurgentes com armas leves, lança-granadas e fogo de morteiro, segundo o comando americano.

As patrulhas abriram fogo contra os supostos talibãs e os dois lados estiveram envolvidos em "numerosos combates", após os quais as Forças Aéreas americanas bombardearam a zona, segundo o comunicado.

"Estes incidentes estão relacionados com uma operação em andamento", afirmou o comando militar dos EUA, que não deu mais detalhes.

Não houve vítimas civis entre as forças afegãs e da coalizão, segundo os EUA. EFE nh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG