terremoto que nesta quarta-feira atingiu o noroeste da China, deixando pelo menos 400 mortos e milhares de feridos, anunciou a televisão estatal." / terremoto que nesta quarta-feira atingiu o noroeste da China, deixando pelo menos 400 mortos e milhares de feridos, anunciou a televisão estatal." /

Mais de 900 pessoas resgatadas com vida depois de terremoto na China

Mais de 900 pessoas foram resgatadas com vida dos escombros deixados pelo http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2010/04/14/terremoto+na+china+deixa+400+mortos+em+regiao+proxima+do+tibete+9457645.htmlterremoto que nesta quarta-feira atingiu o noroeste da China, deixando pelo menos 400 mortos e milhares de feridos, anunciou a televisão estatal.

AFP |

As equipes de resgate enviadas pela polícia, que trabalham basicamente com as mãos e sem ferramentas, conseguiram retirar 900 pessoas dos escombros. O município de Yushu, epicentro do tremor, tem 80 mil habitantes.

O anúncio foi feito depois que o governo chinês liberou uma ajuda de emergência de 200 milhões de yuanes (US$ 29,3 milhões) para a província de Qinghai.

Os fundos permitirão financiar, entre outras coisas, a retirada dos habitantes e seu alojamento, os cuidados médicos e a prevenção de enfermidades, acrescentou o ministério.

O forte terremoto desta quarta-feira na remota província de Qinghai, noroeste da China e próxima do Tibete, deixou 400 mortos e 10 mil feridos, segundo o balanço oficial mais recente divulgado pela agência oficial Xinhua (Nova China).


Bombeiros observam destroços na China / AP

O terremoto aconteceu menos de dois anos depois do tremor de maio de 2008, que devastou a província de Sichuan, também perto do Tibete, que deixou 87 mil mortos e desaparecidos.

O terremoto aconteceu no início da manhã e teve magnitude de 6,9 graus, de acordo com o Instituto de Geofísica dos Estados Unidos (USGS), e de 7,1 segundo o governo chinês.

O tremor foi seguido de três réplicas, de até 5,8 graus, segundo o instituto americano.

Assista ao vídeo:

Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: chinaterremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG