Mais de 80.000 alunos chineses ficam sem fazer exame nacional de informática

Pequim, 9 nov (EFE).- Mais de 80.

EFE |

000 alunos chineses de computação ficaram sem poder realizar um exame nacional, devido à perda da primeira prova, informa hoje a agência oficial "Xinhua".

Segundo o escritório encarregado pela prova, os papéis originais foram extraviados durante uma mudança na cidade de Weihai, na província oriental de Shandong.

O exame era a prova final para obter o certificado que permite aos cidadãos chineses trabalhar na indústria de informática e de programas de informática.

O Governo comunicou que o exame, previsto para este sábado, foi adiado para os dias 20 e 21 de dezembro. EFE gmp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG