Mais de 800 mortos no Iraque desde o começo de 2009

Desde o início deste ano, o Iraque sofreu uma onda de sangrentos atentados que causaram mais de 800 mortos e deixou 2.000 feridos:

AFP |

- 4 janeiro de 2009: 35 peregrinos xiitas foram mortos e 65 ficaram feridos em um atentado suicida em um mausoléu em Bagdá.

- 13 de fevereiro: Um homem-bomba matou 35 peregrinos, na sua maioria mulheres e crianças, que viajavam a pé até Karbala (centro).

- 8 de março: 28 polícias e recrutas são mortos e 58 ficam feridos em um ataque suicida com uma bicicleta-bomba em Bagdá.

- 10 de março: 33 mortos e 46 feridos em um atentado suicida em um mercado de Abu Ghraib (oeste Bagdá).

- 6 de abril: Pelo menos 34 mortos e quase 130 feridos em uma onda de atentados com carros-bomba nos mercados da capital.

- 23 de abril: Pelo menos 84 mortos em três atentados suicidas, um perto de Baquba (a leste de Bagdá), matando 56 pessoas, 52 delas peregrinos iranianos.

- 24 de abril: Pelo menos 65 mortos, 20 deles peregrinos iranianos, em um duplo atentado suicida perto de santuário xiita em Kazimiyah em Bagdá.

- 29 de abril: Um triplo atentado com carros-bomba mata pelo menos 51 pessoas em mercados em Sadr City, bastião do líder radical xiita Moqtada Sadr em Bagdá.

- 20 de maio: Pelo menos 40 mortos e 83 feridos em um atentado com carro-bomba no bairro de Chola, maioria xiita (noroeste de Bagdá).

- 20 de junho: 72 mortos e mais de 200 feridos em um atentado à bomba com um caminhão em Taza, uma aldeia xiita localizado 30 km de Kirkuk, no norte.

- 24 de junho: 62 mortos e 150 feridos em um ataque a um mercado em Sadr City.

- 30 de junho: Pelo menos 26 mortos e 70 feridos em atentado com carro-bomba em Kirkuk, no dia da retirada das tropas dos Estados Unidos.

- 9 de julho: 35 mortos e 60 feridos em um duplo atentado suicida em um bairro residencial de Tal Afar, perto de Mosul.

- 31 de julho: Uma série de atentados contra xiitas deixa 29 mortos e 136 feridos em cinco mesquitas em Bagdá.

- 7 de agosto: Pelo menos 37 mortos e 276 feridos em um atentado com carro-bomba perto de uma mesquita xiita em Mosul.

- 10 de agosto: Uma onda de ataques causa mais de 50 mortes e 269 feridos na cidade de Jaznah, a leste de Mosul, incluindo dois caminhões-bomba que explodiram e mataram 28 pessoas.

- 19 de agosto: Outra onda de atentados em Bagdá, incluindo duas explosões nos ministérios de Relações Exteriores e da Fazenda, matando 95 pessoas e ferindo outras 563.

abk/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG