Mais de 7.500 pessoas teriam morrido na Torre Norte se estivesse cheia no 11/9

Mais de 7.500 pessoas poderiam ter morrido apenas na Torre Norte do World Trade Center de Nova York se o prédio estuvesse cheio no dia dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, afirma um relatório bitânico divulgado nesta terça-feira.

AFP |

O estudo, realizado pelas universidades de Greenwich, Ulster e Liverpool, também ressalta que mais da metade das pessoas que trabalhava no edifício no fatídico dia terminou suas tarefas antes de deixar o local, por ignorar a gravidade do que havia ocorrido.

Os pesquisadores conversaram com 271 sobreviventes do 11 de setembro para a elaboração do trabalho, de mais de 6.000 páginas, que agora serão guardadas em uma base de dados e disponibilizadas a nível internacional para melhorar as medidas de segurança em arranha-céus.

Usando simulações por computador, os pesquisadores calcularam que, se os dois prédios estivessem com sua capacidade máxima - 25.000 pessoas -, ao invés das 8.000 que havia em cada torre na hora do ataque, 7.592 pessoss teriam morrido na Torre Norte.

Os atentados de 11 de setembro deixaram 1.462 mortos apenas na Torre Norte.

psr/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG