Mais de 550 imigrantes ilegais desembarcam na costa da Itália

Roma, 28 dez (EFE).- Mais de 550 imigrantes ilegais chegaram hoje à costa da Itália no quarto dia de desembarques em massa que, desde o Natal, deixaram mais de 1.

EFE |

700 imigrantes ilegais em Lampedusa, a ilha italiana mais próxima da África.

No início da manhã, uma embarcação com 253 imigrantes ilegais em mau estado de saúde, entre os quais havia 44 mulheres - uma delas grávida -, foi avistada 56 milhas ao sul de Lampedusa, informaram hoje à Agência Efe fontes da Polícia italiana.

De tarde, um navio com 300 imigrantes ilegais alcançava a costa de Linosa, a menor ilha do arquipélago das Pelágias, enquanto os serviços de vigilância litorânea da vizinha Lampedusa recebiam o aviso de um suposto imigrante ilegal a bordo de outra embarcação no Mar Mediterrâneo.

As autoridades da ilha mediterrânea, uma das três integrantes do arquipélago das Pelágias, trabalham agora para transferir os 300 imigrantes ilegais de Linosa para Lampedusa para levá-los aos centros de apoio, que ficaram congestionados estes dias pelo alto número de imigrantes. EFE mcs/ab/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG