Kuala Lumpur, 5 jan (EFE).- Cerca de 5.

000 pessoas tiveram que ser retiradas de suas casas no norte da Malásia devido às fortes chuvas que inundaram as ruas das cidades e impediram que cerca de 30.000 crianças iniciassem hoje as aulas após as férias natalinas, informam fontes oficiais.

A autoridade educativa da província de Kelantan ordenou "o fechamento de todos os centros educativos para prevenir qualquer acidente", segundo disse à imprensa seu diretor, Mohd Ghazali Abdul.

Alguns dos deslocados foram autorizados a retornar a suas casas, enquanto outros permanecem nos centros de evacuação perante a expectativa de que alguns rios da região poderiam transbordas ou produzir-se deslizamentos de terras. EFE lol/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.