Mais de 500 tibetanos são detidos após protesto no Nepal

Katmandu, 11 mai (EFE).- Um total de 559 tibetanos, na maioria mulheres, foi detido hoje pelas forças de segurança quando faziam uma manifestação perto do Palácio Real de Katmandu, informou uma fonte policial.

EFE |

Os manifestantes, que estavam com bandeiras tibetanas e cartazes escritos "Tibete Livre" poderiam ser colocados em liberdade ainda hoje, acrescentou a fonte.

Entre os detidos, há pelo menos 535 mulheres que faziam uma manifestação de forma pacífica.

Os exilados tibetanos no Nepal realizaram protestos quase diários desde a onda de violência registrada no Tibete desde março e a dura repressão das forças chinesas de segurança.

No Nepal, país que controla de forma estrita as atividades e manifestações contra o Governo de Pequim dentro de seu território, houve diversas detenções de tibetanos, que foram colocados em liberdade horas depois. EFE ms/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG