Mais de 500 policiais palestinos são enviados para Hebron contra Hamas

Pelo menos 550 policiais palestinos armados foram enviados como reforço, neste sábado, para Hebron (Cisjordânia), para apoiar a Autoridade Palestina de Mahmud Abbas, frente os islamitas do Hamas, informou uma autoridade israelense.

AFP |

"Foram enviados para Hebron 550 policiais armados adicionais em coordenação com o Exército israelense, para reforçar a Autoridade Palestina na luta contra o Hamas", declarou à AFP uma autoridade dos serviços de segurança israelenses, que pediu para não ser identificada.

O chefe da polícia palestina em Hebron, no sul da Cisjordânia, Samih Al Saifi, confirmou que "cerca de 500 membros dos serviços de segurança palestinos foram estacionados em Hebron, sem incidentes".

Segundo ele, porém, esse apoio se destina a "melhorar a ordem e a segurança na cidade".

O Hamas, que tomou o controle da Faixa de Gaza em junho de 2007 do movimento Fatah, ligado a Abbas, condenou a mobilização.

"Essa força de segurança tem por missão asfixiar o Hamas, perseguir as armas da resistência, e não impor a lei, ou proteger os cidadãos e a nação", declarou à AFP um dos porta-vozes do Hamas em Gaza, Fawzi Barhum.

Esse envio de pessoal "ajuda o inimigo sionista" em sua luta contra o Hamas, considerado por Israel como uma organização terrorista, completou a mesma fonte.

Os policiais foram estacionados junto com 2.400 efetivos já presentes na cidade, salvo na zona de Hebron, onde vivem os colonos judeus, que continua protegida por militares de Israel, acrescentou o responsável israelense.

az/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG