Mais de 500 pessoas foram presas no domingo passado, durante as manifstações da oposição em Teerã, sendo que 300 continuam detidas, declarou o chefe da polícia iraniana, general Esmail Ahmadi Moghadam citado pela agência IRNA:

A polícia acrescentou que outros órgãos, como o ministério da Informação e a Bassidji (milícia islamita) também procederam a prisões e que a cifra definitiva será divulgada posteriormente.

Segundo a oposição, centenas de manifestantes foram detidos em várias cidades da província, principalmente em Ispahan, mas as autoridades não forneceram cifras.

Ahmadi Moghadan lançou umanova advertêcia aos grupos da oposição afirmando que as autoridades não tolerarão outras manifestações.

sgh/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.