Mais de 500 incêndios continuam ativos na Rússia

Número total de vítimas pelos incêndios na Rússia chega a 41

EFE |

Um total de 529 incêndios continuam ativos na Rússia, onde desde o início da onda de calor em meados de junho foram declarados mais de 23.600 focos, que arrasaram quase 650 mil hectares e causaram 41 mortes, informou nesta terça-feira o Ministério de Situações de Emergência.

"Nas últimas 24 horas, explodiram em território russo 323 focos de incêndios florestais, dos quais 247 foram sufocados. Continuam ativos 529 focos em uma superfície total de 172.371 hectares, dos quais 378 estão controlados", assinala o comunicado oficial, citado pelas agências.

O texto acrescenta que as chamas arrasaram 32 casas na região de Lipetsk, enquanto na de Voronej, 28 casas foram destruídas pelas chamas, sem registro de mortes.

No entanto, um porta-voz do Ministério de Emergências informou que, durante as tarefas de remoção de escombros em uma localidade da região de Nizhni Novgorod, foi encontrado o cadáver de uma mulher, o que fez com que o número total de vítimas mortais pelos incêndios na Rússia chegasse a 41.

Além disso, nas últimas 24 horas foram identificados 57 incêndios em jazidas de combustível de origem vegetal, dos quais 56 continuam ativos, a maioria na região de Moscou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG