Mais de 500 chineses enfrentam Polícia em protesto

PEQUIM - Mais de 500 proprietários de casas enfrentaram a Polícia na província chinesa de Cantão durante um protesto contra a construção de um transformador de eletricidade perto de suas residências, informou nesta sexta-feira a agência oficial de notícias Xinhua.

EFE |

Os manifestantes enfrentaram 150 policiais na entrada do condomínio Junjing Garden, segundo uma testemunha. Alguns dos manifestantes tocavam tambores em sinal de protesto e começaram a gritar contra as autoridades, exigindo que liberassem algumas pessoas que tinham sido detidas anteriormente por se oporem à construção do transformador.

O conflito aconteceu quando a firma China Southern Power Grid e o Escritório de Provisão de Energia de Cantão começaram a construir o transformador junto ao condomínio sem avisar nem consultar os moradores.

Segundo a agência de notícias "Xinhua", não houve combate entre moradores e a Polícia, assim como não foram registrados feridos no protesto.

A crise, a inflação, a corrupção e outras injustiças geram instabilidade social na China. Desde 2005 foram registrados até 87 mil protestos.

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG