Mais de 5 mil presos na China em 2009 por pornografia na internet

Mais de 5.000 pessoas foram presas na China em 2009 em função de uma campanha contra a pornografia na internet, anunciou o ministério da Segurança Pública, que prometeu aumentar a repressão neste ano.

AFP |

Nove mil páginas na internet também foram fechadas, além das 5.394 pessoas detidas.

Paralelo ao conteúdo político, as autoridades chinesas também perseguem a difusão de pornografia e violência na internet.

A China é o país com mais internautas do mundo, com 338 milhões de usuários.

No mês passado, as autoridades ofereceram 10.000 iuanes (1.400 dólares) para quem denunciasse a existência de páginas pornográficas.

No início do ano passado, Pequim ameaçou punir os grande motores de busca como o americano Google ou o chinês Baidu, aos quais acusa de não filtrar seus conteúdos pornográficos.

A China também censurou várias redes de relacionamento como o Facebook ou o Twitter, que só podem ser acessados por servidor proxy.

sst-pt/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG