Mais de 40% do eleitorado português já foi às urnas

Lisboa, 27 set (EFE).- A participação eleitoral no pleito legislativo realizado hoje em Portugal chegava a 43,3% no início da tarde pelo horário local, informaram as autoridades eleitorais.

EFE |

Este índice é praticamente o dobro do de participação eleitoral registrado nas eleições europeias de junho (26,82%).

Após oito horas de votação, quatro milhões dos 9,4 milhões de eleitores portugueses já tinham votado nos cerca de quatro mil colégios eleitorais espalhados pelo país.

Este número é inferior ao registrada no pleito de 2005, quando às 16h locais (12h de Brasília) mais de 50% dos eleitores já tinha votado.

No entanto, a Comissão Nacional de Eleições (CNE) explicou que o atual pleito tem 600 mil eleitores registrados a mais do que há quatro anos, quando havia 8,8 milhões de portugueses em condição de votar, em pleito cuja abstenção ficou perto de 35%.

As eleições de hoje põem frente a frente os dois tradicionais rivais da política portuguesa, o Partido Socialista (PS), do primeiro-ministro, José Sócrates, e o Partido Social Democrata (PSD, centro-direita), da candidata conservadora Manuela Ferreira Leite.

As duas legendas se alternaram no poder, com vantagem para os socialistas, desde que a Revolução dos Cravos acabou com a ditadura de António Salazar em 1974.

Em junho, o PSD ganhou as eleições europeias com 31,7% dos votos, cinco pontos percentuais à frente dos socialistas. Agora, as últimas pesquisas dão ao partido um ponto a menos do que então.

As mesmas projeções apontam que o governante PS, que obteve maioria absoluta em 2005, ficará com 38% dos votos, percentagem que permitiria à legenda formar Governo com apoios pontuais dos partidos minoritários.

As primeiras pesquisas de boca-de-urna sobre as eleições de hoje começarão a ser divulgadas após o fechamento das urnas em todo o país, às 20h locais (16h de Brasília). EFE atc/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG