Mais de 36 mil bolivianos votarão amanhã novamente devido a irregularidades

La Paz, 17 abr (EFE).- Um total de 36.

EFE |

288 bolivianos repetirá amanhã seu voto para governadores e prefeitos em 154 mesas eleitorais, depois que foram detectadas irregularidades na votação de 4 de abril, segundo informou hoje a Corte Nacional Eleitoral (CNE).

No entanto, os resultados não mudarão a tendência de vencedores já conhecida.

Segundo relatório da CNE, o departamento no qual mais bolivianos terão que voltar a votar será o de Santa Cruz (leste), onde 13.978 pessoas votarão novamente para governador e 13.892, para prefeito, em 114 mesas eleitorais.

Em La Paz, 30 colégios eleitorais terão um novo pleito, em que 4.094 pessoas votarão para governador e 2.565, para prefeito.

O mesmo acontecera no departamento andino de Oruro, onde serão instaladas duas mesas para que 187 eleitores votem para governador regional e 342, para prefeito, enquanto em Pando (norte), serão habilitadas 8 mesas para 617 eleitores votarem para governador e 613, para prefeito.

No total, 23.844 mesas eleitorais funcionaram no domingo passado, por isso a repetição nas 154 mesas não variará substancialmente os resultados mais importantes já conhecidos.

O Movimento Ao Socialismo (MAS), partido do presidente Evo Morales, ganhou nos departamentos de Chuquisaca e Potosí (sul), Cochabamba (centro), Pando (norte), La Paz e Oruro (oeste).

Já a oposição venceu nas regiões de Beni (nordeste), Santa Cruz (este) e Tarija (sul).

No mesmo pleito, a oposição ganhou em sete das mais importantes Prefeituras do país e o MAS somente em três. EFE vs/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG