Mais de 30 milhões de pessoas infectadas pelo HIV em todo o mundo

Seguem as últimas estimativas sobre a epidemia da Aids no planeta, segundo o relatório publicado nesta terça-feira pela ONUAIDS:

AFP |

1) Número de pessoas infectadas pelo HIV-Aids em 2007:

No mundo: 33 milhões, entre eles cerca de dois milhões de crianças de menos de 15 anos. Metade dos adultos contaminados são mulheres. A África subsaariana é, de longe, o maior foco de infecção do planeta com 67% dos casos. Além disso, 90% das crianças contaminadas pelo HIV em todo o mundo se encontram nesta região.

Por regiões (total adultos + crianças):

África subsaariana : 22 milhões

Africa do Norte e Oriente Médio : 380.000 (sendo 320.000 no Sudão)

Ásia do Sul e do Sudeste : 4,2 milhões

Ásia do leste : 740.000

América Latina : 1,7 milhão

Caribe : 230.000

América do Norte : 1,2 milhão

Europa Ocidental e Central : 730.000

Europa Oriental e Ásia Central : 1,5 milhão

Oceânia : 74.000

2) Novas infecções pelo HIV em 2007:

Total : 2,7 milhões (sendo 1,9 somente na África subsaariana), ou seja, cerca de 7.500 pessoas por dia. 370.000 crianças de menos de 15 anos foram infectadas em 2007.

Por regiões (total adultos + crianças)

África subsaariana : 1,9 millhão

África do Norte e Oriente Médio : 40.000

Ásia do Sul e do Sudeste : 330.000

Ásia do Leste : 52.000

América Latina : 140.000

Caribe : 20.000

América do Norte : 54.000

Europa Ocidental e Central : 27.000

Europa Oriental e Ásia Central : 110.000

Oceânia : 13.000

3) Mortes provocadas pela Aids em 2007:

No mundo : 2 milhões (1,8 a 2,3 milhões), em baixa pela primeira vez após décadas de aumento.

Por regiões (total adultos + crianças)

África subsaariana : 1,5 milhão

África do Norte e Oriente Médio : números não comunicados

Ásie do Sul e do Sudeste : 340.000

América Latina : 63.000

Ásia do leste : 40.000

Caribe : 14.000

América do Nord : 23.000

Europa Ocidental e Central : 8.000

Europa Oriental e Ásia Central : 58.000

Oceânia : 1.000

4) Tratamentos:

Três milhões de pessoas recebem um tratamento de anti-retrovirais nos países pobres e emergentes, ou seja 31% das pessoas necessitadas e 45% a mais que em 2006.

5) Financiamentos :

10 bilhões de dólares foram disponibilizados para os programas de luta contra o HIV em 2007, ou seja, 8,1 bilhões a menos que a quantia necessária, segundo a ONUAIDS. Para manter o ritmo atual de ampliação dos serviços, será preciso aumentar os financiamentos em mais de 50% daqui a 2010.

chc/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG