Mais de 3 mil pessoas vão ao enterro de palestino de 10 anos morto

NILIN - Mais de 3 mil pessoas participaram nesta quarta-feira do enterro de um menino de 10 anos morto, segundo os palestinos, pela polícia de fronteira israelense numa manifestação contra a barreira de separação.

AFP |

Em Nilin, povoado próximo a Ramallah, explodiram na véspera confrontos entre manifestantes que jogavam pedras e soldados israelenses que abriram fogo, segundo um membro do comitê da cidade contra o muro da separação.

Hamad Hosam Mussa, de 10 anos, ficou gravemente ferido e morreu a caminho do hospital.

"O que aconteceu é um verdadeiro crime contra um menino", afirmou Rafiq Husseini, conselheiro do presidente palestino Mahmud Abbas, presente nos funerais.


Enterro de Hamad Hosam Mussa reuniu milhares de palestinos / AP

Leia mais sobre Palestina

    Leia tudo sobre: palestina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG