Sydney (Austrália), 24 mai (EFE).- Mais de 20 mil pessoas continuam isoladas quatro dias depois dos temporais e inundações sofrido pelo nordeste da Austrália, que causaram pelo menos dois mortos e um rastro de destruição, informaram hoje fontes oficiais.

Embora as chuvas tenham diminuído em muitos lugares já foram iniciadas as tarefas de limpeza.

Os afetados em Nova Gales do Sul são residentes de pequenas comunidades às quais ainda é impossível chegar por terra, e os serviços de emergência trabalham para levar a até ela em helicóptero comida, água potável e outro material de emergência.

Enquanto isso, Queensland chegou a receber em 24 horas uma quantidade de chuva equivalente a um terço de sua média anual.

Até o momento pereceram por causa dos chuvas um homem de 46 anos golpeado por uma prancha de metal arrancada pelo vento, e outro de 70 que que morreu afogado dentro de seu carro. EFE aus/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.