Mais de 20 mil fogem de conflitos em Mogadíscio em 2 semanas

Genebra, 21 jul (EFE).- Os combates que acontecem desde o princípio de maio entre rebeldes e forças governamentais na capital somali causaram o deslocamento de mais de 20.

EFE |

000 pessoas nas duas últimas semanas, segundo o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur).

"O número total de somalis obrigados a abandonar suas casas desde o começo do conflito, em 7 de maio, chega a 223.000 pessoas", disse hoje o porta-voz desta organização, Ron Redmond.

Além disso, Redmond afirmou que "o aumento da insegurança dificulta o acesso do pessoal humanitário às vítimas da guerra civil na Somália".

O funcionário da ONU se mostrou preocupado com a situação de um grande número de deslocados internos que encontraram refúgio na região de Afgooye, onde "são amontoados com pouca ou nenhuma condição de sobrevivência básica".

"As organizações humanitárias locais estão sobrecarregadas e lutam para atender os que chegaram recentemente. Faltam alojamentos, instalações de saneamento e água potável", denunciou. EFE mrm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG