Mais de 20 foguetes palestinos lançados contra Israel

Mais de 20 foguetes foram lançados nesta quarta-feira pela manhã de Gaza contra o sul de Israel, deixando duas pessoas levemente feridas, indicou o Maguen David Adom, os serviços de socorro israelenses.

AFP |

Quatro foguetes do tipo "Grad" laçados pelo Hamas atingiram uma distância recorde e acertaram o sul de Israel, perto de Beersheva, a quase 40km da Faixa de Gaza, indicou um porta-voz do exército israelense.

O braço armado do Hamas, as Brigadas Ezzedine al-Qassam, assumiu estes tiros em um comunicado.

Três outros foguetes caíram em Ashkelon, ferindo levemente duas pessoas, e um outro caiu sobre Ashdod, sem deixar vítimas.

As cidades de Netivot e Ofakim, assim como Sderot, Kyriat Gat e Kyriat Malakhi e outros setores do deserto do Neguev foram alvos dos foguetes na manhã desta quarta-feira.

Desde o início da ofensiva israelense sábado contra o Hamas na Faixa de Gaza, três civis e um soldado foram mortos em Israel por tiros de foguetes e dezenas de outras pessoas foram feridas, segundo dados oficiais de fontes de hospitais israelenses.

Israel declarou que sua ofensiva tinha por objetivo acabar com os tiros de foguetes sobre o sul do país.

Ao mesmo tempo, se recusou nesta quarta-feira a assinar uma proposta francesa de cessar-fogo provisório, mas indicou que está estudando sugestões internacionais destinadas à instauração de uma trégua permanente com o Hamas, informaram à AFP responsáveis israelenses.

"A proposta de cessar-fogo provisório unilateral do ministro francês das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, não foi considerada útil porque é evidente que o Hamas não vai parar de disparar foguetes contra Israel", explicou à AFP um alto responsável israelense, que pediu para ser mantido em anonimato.

Um porta-voz do ministério israelense das Relações Exteriores, Yigal Palmor, afirmou no entanto que seu país está estudando diferentes propostas internacionais de trégua com o movimento islâmico palestino.

"Há várias propostas lançadas por diferentes partes, em todo o mundo", afirmou Palmor.

"Existe um diálogo com essas partes com o objetivo de desembocar em um projeto sério de trégua permanente sob certas condições, que permitam um cessar total dos disparos de foguetes do Hamas contra Israel", acrescentou o porta-voz.

chw/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG