Mais de 120 imigrantes ilegais conseguem chegar de barco à ilha italiana

Roma, 17 jun (EFE).- Duas embarcações com 124 imigrantes que tentavam entrar na Europa de forma clandestina chegaram hoje à ilha de Lampedusa, na Itália, informaram fontes da guarda costeira italiana.

EFE |

Na primeira embarcação viajavam 72 imigrantes, entre eles sete mulheres e três crianças, enquanto na segunda havia 52 pessoas, cinco delas mulheres.

Ambas foram socorridas pela guarda costeira da Itália devido às condições meteorológicas desfavoráveis.

Sobre a chegada em massa de imigrantes, o presidente do Senado italiano, Renato Schifani, disse que se está "diante de um problema dramático".

Pouco antes, os congressistas fizeram um minuto de silêncio pelos imigrantes mortos e desaparecidos no mar quando tentavam chegar ao país.

Na segunda-feira, 40 pessoas foram consideradas mortas e 100 desaparecidas depois do naufrágio de uma embarcação que dias antes tinha deixado a costa da Líbia, conforme informou a imprensa italiana. EFE alg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG