Mais de 11.000 casos de cólera foram registrados no Zimbábue

O ministro da Saúde do Zimbábue, David Parirenyatwa, declarou neste domingo que 11.071 casos suspeitos de cólera foram registrados em todo o país desde agosto, quando começou a epidemia que já deixou 425 mortos.

AFP |

Cerca de mil novos casos de cólera acabam de ser registrados, mas os serviços de saúde estão tomando todas as providências necessárias para combater a epidemia, garantiu o ministro zimbabuano.

Contudo, a temporada de chuvas pode piorar as já precárias condições sanitárias do país, advertiu Parirenyatwa.

O Escritório de coordenação dos assuntos humanitários da ONU (OCHA) mencionou na sexta-feira 9.908 casos, destacando que a epidemia atinge agora toda a parte leste do Zimbábue.

Na noite de sexta-feira, o líder da oposição zimbabuana, Morgan Tsvangirai, afirmou que "mais de 500 pessoas" já morreram no Zimbábue por causa da epidemia, e ressaltou que "mais de meio milhão" de pessoas estão sobrevivendo em condições insustentáveis neste país, assolado por uma grave crise econômica.

gm/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG