Mais de 10 mil já foram ao Egito pela abertura de Rafah

Rafah, a única saída terrestre de Gaza para outro país a não ser Israel, liga o sul da faixa com o Sinai egípcio

EFE |

Mais de 10 mil pessoas em Gaza já cruzaram para o Egito pela passagem de Rafah desde 2 de junho, por causa da crise da embarcação, informou hoje o Governo do Hamas na faixa. Concretamente, 10.531 pessoas passaram de Gaza ao Egito e 10.172 fizeram o percurso oposto, detalhou em comunicado o organismo de cruzamentos e fronteiras ligado ao Executivo islamita.

"Os que cruzaram de Gaza para o Egito eram pacientes precisando de tratamento médico, estudantes, pessoas que viajavam para outros países e que têm passaporte de outra nacionalidade", assinala a nota.

Rafah, a única saída terrestre de Gaza para outro país a não ser Israel, liga o sul da faixa com o Sinai egípcio. Aberta em 2005, o posto de fronteira começou a ficar fechado frequentemente, por decisão de Israel (que controla parcialmente seu funcionamento), após a captura do soldado israelense Gilad Shalit por três milícias palestinas em junho de 2006. Um ano depois a passagem foi fechada, após a tomada de Gaza pelo Hamas, embora Cairo a abra esporadicamente para permitir a saída de pessoas por necessidades humanitárias. EFE Sar-ap/dm

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG