Mais da metade dos venezuelanos desaprova gestão de Chávez, diz pesquisa

Caracas, 15 abr (EFE) - Cerca de 60% da população venezuelana desaprovam a gestão do presidente do país, Hugo Chávez, segundo dados do instituto de pesquisa Consultores 21 divulgados hoje.

EFE |

O diretor da empresa, Saúl Cabrera, declarou à rádio venezuelana "Unión Radio" que "ao redor de 60% da população não estão de acordo com o presidente Hugo Chávez e com as políticas que está aplicando".

Cabrera também garantiu que, "do lado do chavismo, há cerca de 10% ou 15% que acreditam no processo revolucionário e há uma massa de 35% que crêem no populismo do presidente Chávez".

O diretor da Consultores 21 não explicou as características desse "populismo" nem em que critérios se baseou para atribuir a 35% da população sua crença nesse conceito.

A pesquisa desta empresa se junta à publicada hoje na imprensa pela firma Hinterlaces - ambas consideradas simpatizantes da oposição venezuelana.

Segundo a Hinterlaces, Chávez "tem um respaldo eleitoral de quase 35%, contra 17% da oposição".

Nenhuma das duas pesquisas especifica a data de sua realização, o número de entrevistas realizadas, as camadas sociais consultadas ou a margem de erro.

Quanto às eleições municipais e regionais de novembro, a Consultores 21 determinou que "é factível" que a oposição ganhe a maioria dos 23 postos em disputa, mas explicou que isso "não passa de uma esperança".

A empresa acrescentou que, para alcançar esse objetivo, a oposição deve "trabalhá-lo e concretizá-lo com candidatos unitários e com ofertas que sejam realmente interessantes".

Já a Hinterlaces afirmou que "a opção com mais apoio e simpatia é a do candidato independente, porque o povo está buscando saídas para o confronto e a polarização".

Esta firma também previu que, até novembro, Chávez vai radicalizar seu discurso porque "a oposição continua sendo o grupo mais impopular do país, e na medida em que a identificar como inimiga das reivindicações populares terá mais possibilidades de derrotá-la". EFE rr/bba/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG