La Paz, 10 jul (EFE).- As autoridades sanitárias do departamento boliviano de Santa Cruz confirmaram hoje que duas pessoas morreram por complicações causadas por gripe suína nessa região do país.

"Queremos confirmar as duas mortes atribuídas por nosso comitê técnico científico à gripe (...) de dois pacientes das idades extremas de risco, um de 59 e outro menor de 6 anos, ambos com patologia de base", confirmou à Agência Efe, o diretor de Saúde de Santa Cruz, Erwin Saucedo.

Apesar das duas primeiras mortes pela gripe na Bolívia terem sido divulgadas hoje, Saucedo afirmou que o homem, que sofria de miocardiopatia chagásica, morreu na semana passada, enquanto a menina, que tinha paralisia infantil e problemas pulmonares, morreu no início desta semana.

As autoridades sanitárias da Bolívia confirmaram até hoje que os casos de gripe no país chegam a 542, em oito dos nove departamentos.

O Ministério da Saúde informou ainda que a Bolívia duplicará para 40 mil suas reservas do remédio "Tamiflu", com a aquisição de 20 mil novas doses do medicamento para enfrentar a epidemia. EFE lav-gb/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.