Maioria dos sérvios se opõe ao traslado de Karadzic para Haia

A maioria dos sérvios se opõe à transferência do ex-líder político dos servo-bósnios Radovan Karadzic ao Tribunal Penal Internacional (TPI) de Haia, apesar de 42% aprovarem sua detenção, de acordo com uma pesquisa publicada nesta sexta-feira na Sérvia.

AFP |

Pelo menos 54% dos entrevistados são contra o traslado de Karadzic, detido segunda-feira passada e acusado por genocídio, crimes contra a humanidade e crimes de guerra, segundo uma pesquisa realizada pelo instituto Strategic Marketing.

A detenção de Karadzic é aprovada por 42% das pessoas interrogadas, e 43% são partidárias de que sejam presos os outros dois responsáveis procurados pelo TPI: o ex-chefe militar dos servo-bósnios, general Ratko Mladic, e o líder dos sérvios da Croácia, Goran Hadzic.

Pelo menos 33% consideram Karadzic um "herói".

Para essa pesquisa, foram entrevistadas 1.023 pessoas, ontem, na Sérvia.

O TPI é considerado um organismo "parcial" e "anti-sérvio" por 86% dos entrevistados, mas 70% disseram apoiar a cooperação do governo com o tribunal, o que é reivindicado pela União Européia para que o país possa avançar em sua integração ao bloco.

an/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG