MOSCOU (Reuters) - Quase a metade dos russos quer que a região da Ossétia do Sul faça parte de seu país, revelou na terça-feira uma pesquisa conduzida de forma independente pelo instituto Levada. Quarenta e seis por cento das pessoas consultadas disseram que querem ver a Ossétia do Sul como parte da Rússia. A Levada ouviu 2.100 russos em grandes cidades, entre os dias 9 e 10 de agosto.

Já 34 por cento disseram que a Ossétia do Sul deve se tornar um país independente e somente 4 por cento disseram que ela deve continuar a fazer parte da Geórgia.

(Por Condor Sweeney)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.