Maioria dos israelenses votaria em McCain

Jerusalém, 27 out (EFE).- A maioria dos israelenses -46%- votaria no candidato republicano à Casa Branca, John McCain, enquanto o aspirante democrata, Barack Obama, teria 34%, segundo pesquisa divulgada hoje.

EFE |

Cerca da metade dos entrevistados acredita que, se eleito, McCain teria um impacto mais favorável a Israel, segundo a pesquisa, elaborada pela agência demográfica TNS Teleseker, conforme conta a edição eletrônica do jornal "Yedioth Ahronoth".

A pesquisa, feita a pedido do Centro Rabin para Estudos de Israel, entrevistou 500 israelenses entre 18 e 65 anos, concluindo ainda que o 18,6% dos indagados ainda permanecem indecisos.

Cerca da metade acredita que McCain teria uma melhor influência em Israel, enquanto 31, % opina que a liderança de Obama beneficiaria em maior medida o país.

Apenas 5% consideram que ambos poderiam ter o mesmo efeito sobre Israel, enquanto 14,2% se disseram indecisos.

Sobre assuntos diretamente relacionados à política israelense, como que o Irã adquira capacidade nuclear, 52,5% preferem McCain como quem respaldará melhor Israel, contra 27,6% que confiam mais em Obama.

No entanto, o candidato democrata saiu-se melhor quanto à questão financeira: 40,9% dos israelenses acreditam que ele é mais capacitado para lidar com a atual crise econômica global, contra 34,2% que apostam mais no republicano.

Ambos os candidatos aspirantes à Casa Branca obtiveram a mesma percentagem de apoios em quanto ao conflito entre israelenses e palestinos, em torno de 37%; enquanto 15% se mostraram indecisos e 10,5% disseram que os dois estavam igualmente capacitados. EFE db/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG