Maioria dos franceses acredita que Sarkozy perderá as eleições

Pesquisa feita para o jornal Liberátion vem depois de a esquerda tomar o controle do Senado pela primeira vez em mais de 50 anos

iG São Paulo |

AP
Presidente francês, Nicolas Sarkozy, discursa na 66ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York (21/9)
Dois terços dos franceses que votam acreditam que Nicolas Sarkozy perderá as eleições do ano que vem caso venha concorrer - incluindo mais da metade dos partidários do presidente, mostrou uma pesquisa divulgada neste domingo.

Sarkozy, cuja popularidade recuou, chegando perto de mínimas recordes em setembro, ainda deverá anunciar se irá concorrer à presidência em abril e maio, mas de acordo com a pesquisa da ViaVoice, para o jornal diário Liberátion, de esquerda, 68 por cento da população acredita que ele perderia as eleições.

O governo de Sarkozy sofreu um duro golpe nesaa semana, apenas sete meses antes da eleição, quando candidatos de esquerda tomaram o controle do Senado pela primeira vez em mais de 50 anos. Jean-Pierre Bel, líder da bancada socialista, foi eleito neste sábado. É o primeiro socialista que chegou a esse posto, uma semana depois da mudança histórica do parlamento, agora com maioria da esquerda.

O senador da cidade de Ariège, pouco conhecido pelo grande público, é aos 59 anos a segunda pessoa mais importante do Estado francês. Ele foi eleito no primeiro turno com 179 votos contra 134 votos para o atual presidente da UMP, de direita, Gérard Larcher e 29 votos para a centrista Valérie Létard.

Obteve assim, sete votos a mais que a maioria absoluta de votos computados. O resultado foi anunciado em uma sessão pública pelo decano do Senado, o presidente do Partido Comunista Paul Vergès, de 86 anos.

A pesquisa, que ouviu 1,07 mil pessoas em idade de votar, foi realizada entre 29 de setembro e 1º de outubro, mostrou que as políticas econômicas de Sarkozy, incluindo a administração da dívida pública, e questões de déficit como as principais causas de preocupação.

Outro dado sobre Sarkozy é que 54 por cento dos partidários do UMP, disseram não achar que ele ganharia as eleições. Com uma semana até a primeira rodada das primárias presidenciais da oposição socialista, o ex-líder do partido François Hollande continua sendo o candidato mais popular.

Segundo a pesquisa da ViaVoice, o público preferiria que o ministro francês das Relações Exteriores, Alain Juppé, concorresse como o candidato presidencial do partido de Sarkozy, embora 54 por cento dos eleitores do UMP ainda achem que o presidente seria o melhor homem para concorrer.

Com AFP e Reuters

    Leia tudo sobre: sarkozyfrançaeleiçãosenadosocialista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG