A maioria dos americanos apoia a decisão do presidente Barack Obama de enviar 17.000 militares adicionais ao Afeganistão e considera positiva sua condução das relações exteriores, segundo uma pesquisa da Universidade de Quinnipiac divulgada nesta quinta-feira.

Segundo o estudo, 67% dos entrevistados disseram apoiar o anúncio de Obama de mobilizar nova tropas para o Afeganistão e 31% se declararam contrários.

Por uma margem de 48-35% os americanos acreditam que suas tropas deveriam ir atrás dos talibãs ou membros da Al-Qaeda que cruzarem a fronteira do Afeganistão para o Paquistão ou que operam fora do Paquistão.

Os entrevistados também aprovam a maneira com que Obama está conduzindo a política externa por uma margem 56-21%, segundo a pesquisa.

Por fim, a maioria de 60% considera que a invasão de 2003 ao Iraque foi uma decisão equivocada, enquanto 58% apoiam a decisão de ir à guerra no Afeganistão, em 2001.

A pesquisa foi feita entre 25 de fevereiro e 2 de março, com 2.573 eleitores e uma margem de erro de 1,9 ponto percentual.

ddl/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.