Maioria das vítimas da tragédia de Madri será identificada daqui a domingo

A maioria dos corpos das vítimas do acidente de avião de quarta-feira em Madri que deixou 153 mortos e 19 feridos será identificada daqui a domingo, anunciou neste sábado o ministro espanhol do Interior, Alfredo Perez Rubalcaba, destacando que 53 pessoas já foram identificadas.

AFP |

Durante uma visita a um hospital de Madri, Rubalcaba disse esperar que as outras vítimas sejam identificadas "entre hoje e amanhã".

"A guarda civil e a polícia me disseram que algumas identificações serão muito difíceis. Por exemplo, uma menina adotada está entre as vítimas, então teremos que procurar o DNA de seus pais biológicos. As coisas são complicadas", declarou o ministro ao canal de TV Cuatro.

O avião MD-82 da companhia espanhola Spanair que fazia a ligação entre Madri e Las Palmas, no arquipélago espanhol das Canárias, caiu no momento da decolagem, provocando a pior catástrofe aérea na Espanha em 25 anos.

Como o acidente aconteceu na hora da decolagem, o avião estava cheio de querosene e a maioria das vítimas sofreram queimaduras graves, complicando o processo de identificação.

O governo mobilizou biólogos especializados do ministério da Justiça para colher DNA nas 62 vítimas mais prejudicadas fisicamente.

fz/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG