Maiores emissores abandonam meta de reduzir em 50% gases do efeito estufa

As principais economias mundiais, responsáveis por 80% das emissões de gases que provocam o efeito estufa, desistiram do objetivo de reduzir as mesmas à metade em 2050, informou uma fonte europeia à margem da reunião do G8 em LAquila.

AFP |

A decisão foi adotada na terça-feira à noite em uma reunião em Roma do Fórum das Maiores Economias (FME), que reúne 16 países: o G8 dos mais ricos (EUA, Japão, Alemanha, França, Grã-Bretanha, Itália, Canadá e Rússia) e o G5 de grandes emergentes (China, Índia, Brasil, México e África do Sul), além de Austrália, Indonésia e Coreia do Sul.

"Há um forte compromisso para reduzir até 2050 de forma substancial as emissões mundiais, mas não será de 50%", declarou a fonte à AFP.

O FME, que se reunirá na quinta-feira em L'Aquila, deve manter, no entanto, o objetivo de limitar o aquecimento global a 2 graus centígrados em relação aos níveis prévios à revolução industrial.

ach/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG