Maior parte dos seqüestros de militares israelenses acabou em tragédia

Redação Central, 16 jul (EFE).- Nos últimos 26 anos de conflito no Oriente Médio, 19 soldados e um policial israelense foram capturados ou seqüestrados por grupos libaneses, e 18 destes casos terminaram em tragédia.

EFE |

Os dois casos restantes são os de Ron Arad, que desapareceu em 1986 e sobre o qual Israel nunca teve notícias, e o de Gilad Shalit, seqüestrado há dois anos e para o qual há a esperança de uma troca.

Seqüestros desde 1982: 1982 11 jun.- Os soldados Yehuda Catz, Zvi Feldman e Zvajaria Baumel, desaparecem durante a batalha de Sultan Yacub (Líbano) contra a Organização pela Libertação da Palestina (OLP). Nos anos 90 o dirigente palestino Yasser Arafat devolveu a Israel suas placas de identificação.

1983 Abr.- O soldado druso israelense Samir Assad é seqüestrado perto de Tiro. Em 12 de setembro de 1991 Israel autoriza o retorno à Cisjordânia do palestino Ali Abdallah Muhamad Halal, da Frente Democrática de Libertação da Palestina, em troca de seus restos mortais.

1986 16 fev.- O Hisbolá captura os soldados Rachamin Alsheikh e Yosef Fink quando sua patrulha sofreu uma emboscada na "área de segurança" entre o Líbano e Israel. Em 21 de julho de 1996, o Hisbolá entregou a Israel seus restos mortais em uma troca de prisioneiros graças à mediação alemã.

Out.- O piloto israelense Ron Arad é feito prisioneiro pelo movimento xiita Amal após seu avião ter sido derrubado em um bombardeio perto de Sidon. Israel nunca teve notícias de seu paradeiro.

1989 16 fev.- O sargento pára-quedista Avi Sasportas é seqüestrado pelo Hamas perto de Ashkelon. Seu corpo foi encontrado em 7 de maio.

3 mai.- O soldado israelense Ilan Saadon é seqüestrado nas proximidades de Ashkelon. Em 30 de julho de 1996 o Exército israelense encontrou seu corpo graças a informações dos serviços secretos de Yasser Arafat.

1992 13 dez.- As Brigadas de Ezedin al-Qassam seqüestram o policial israelense Nissim Toledano em Lod em reivindicação pela libertação do líder do Hamas, Ahmed Yassin. Seu corpo foi encontrado dois dias depois e o Governo israelense deportou 400 palestinos deste movimento para o Líbano.

1993 8 mar.- O soldado Yehoshua Friedberg, de 25 anos, é seqüestrado em Jerusalém por comandos palestinos. Seu corpo foi encontrado quatro dias depois.

5 ago.- Três militantes palestinos seqüestram o soldado israelense Yaron Chen em Ramala. No dia seguinte seu corpo apareceu.

1994 9 out.- Militantes do Hamas seqüestram em Gaza o soldado israelense Nakhshon Waksman e ameaçam matá-lo se Israel não libertar o xeque Yassin. Uma operação especial de resgate acabou com cinco mortos, incluindo o refém.

1996 9 set.- Membros do Hamas seqüestram o soldado israelense Sharon Edery perto da base militar de Tsrifin, entre Jerusalém e Tel Aviv.

Seu corpo foi encontrado em 10 de abril de 1997 pelo Exército israelense na aldeia de Surif, na Cisjordânia.

2000 7 out.- O Hisbolá seqüestra três soldados israelenses nas proximidades das Fazendas de Chebaa. Após um acordo de troca entre Hisbolá e Israel os corpos foram devolvidos em 29 de janeiro de 2004.

2006 25 jun.- Milícias palestinas seqüestram o soldado israelense Gilad Shalit, de 19 anos, em um ataque contra uma base militar ao sul de Gaza. Elas pretendem trocá-lo por seus presos em Israel.

12 jul.- O Hisbolá seqüestra dois soldados israelenses Ehud Goldwasser, de 31 anos, e Eldad Regev, de 27, no sul do Líbano, o que se torna o estopim do conflito entre Israel e a guerrilha. Seus corpos foram entregues hoje em uma troca. EFE msp/ev/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG