Tamanho do texto

O presidente da Geórgia, Mikhail Saakasvhili, disse nesta segunda-feira que a maior parte do país está ocupada por tropas russas e pediu mais ajuda da comunidade internacional no conflito com o país vizinho. Até agora tudo o que nós tivemos da comunidade internacional foi ajuda humanitária, que está começando a chegar, e declarações, disse Saakasvhili em um pronunciamento transmitido pela TV na Geórgia.

"É claro que isso é importante, mas nós precisamos de muito mais."
Não há confirmação independente de que a Rússia esteja de fato ocupando a maior parte da Geórgia.

Durante o dia surgiram relatos conflitantes a respeito da presença de tropas russas na cidade de Gori, a apenas 76 km da capital georgiana, Tbilisi, e fora das regiões separatistas. Primeiramente, as autoridades georgianas disseram que ela havia sido tomada, o que foi negado pelos russos.