O principal jornal do Alasca - Estado americano que tem a candidata a vice-presidente pelo Partido Republicano, Sarah Palin, como governadora - declarou apoio ao candidato do Partido Democrata, Barack Obama, nas eleições presidenciais. O Anchorage Daily News, o jornal de maior circulação no Estado, diz que é muito arriscado ter a governadora a apenas um passo da Presidência.

Em editorial, o diário afirma que a candidatura "cativou" os moradores do Alasca, mas não deve "esmagar todos os outros julgamentos".

O foco deve ser em John McCain, disse o jornal, que afirma que o candidato republicano é "a escolha errada".

Crise
Segundo o jornal, muitos moradores do Alasca se sentem "orgulhosos de ver sua governadora e seu Estado com tanta proeminência no palco nacional".

O editorial também descreve Palin como "uma força com a qual se deve contar".

"Apaixonada, carismática e incansável, ela arregimenta grandes multidões e semeia animação em seu rastro", diz o jornal.

Mas o Anchorage Daily News afirma que McCain "tropeçou e se atrapalhou feio" ao lidar com a crise econômica.

"(McCain) abraça a ortodoxia republicana extrema à qual ele um dia resistiu e cinicamente pede aos americanos que a comprem por mais quatro anos", diz o o editorial.

Em contraste, o jornal sugere que Obama represeta "muito mais promessas para o governo".

O Anchorage Daily News acrescenta que, "em uma época de grave crise econômica, ele demonstra uma análise ponderada, procura conselhos sábios e opera com mão firme e segura".

Outros jornais
Durante o fim de semana, outros jornais endossaram as candidaturas tanto de Obama como de Mccain.

O Times-Despatch, de Richmond (Virgínia), apoiou o republicano e disse que ele é "a opção clara e não ambígua" em um momento em que a segurança nacional é a questão chave.

O Grand Rapids, de Michigan, também apoiou McCain por sua "experiência, princípios e independência".

Já o Baltimore Sun afirmou que "a abordagem firme e ponderada de Obama para as questões mostra que ele tem julgamento e profundidade de conhecimento para liderar o país".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.