Presidente do Irã diz que dinheiro da venda do automóvel será para fundos de caridade para projetos de habitação

selo

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, anunciou que pretende vender seu carro particular de 33 anos para arrecadar dinheiro para fundos de caridade que apoiam projetos de habitação para jovens.

Ahmadinejad era frequentemente visto dirigindo seu Peugeot 504 na época em que foi prefeito de Teerã, mas raramente usou o automóvel desde que chegou à Presidência, em 2005. O carro deverá ser leiloado em fevereiro, na cidade de Abadan, no sudoeste do país. 

Ahmadinejad era frequentemente visto dirigindo seu Peugeot 504 na época em que foi prefeito de Teerã
BBC Brasil
Ahmadinejad era frequentemente visto dirigindo seu Peugeot 504 na época em que foi prefeito de Teerã
As autoridades locais estimam que o carro deverá ser vendido por bem mais que os cerca de R$ 3,3 mil que ele valeria no Irã. O chefe da zona franca de Abadan, Asghar Parhizkar, disse à agência iraniana Irna que o leilão acontecerá durante uma exposição de carros clássicos na cidade.

O anúncio da venda do carro particular do presidente iraniano ocorre pouco após o governo ter anunciado cortes de subsídios de alimentos e energia, elevando substancialmente o custo de vida no país.

O Irã gastava cerca de US$ 100 bilhões em subsídios anualmente, mas a economia iraniana, altamente dependente do petróleo, vem sofrendo em consequência de quatro rodadas de sanções da ONU por causa do polêmico programa nuclear do país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.