arrecada quase 3% do PIB italiano - Mundo - iG" /

Máfia calabresa arrecada quase 3% do PIB italiano

A máfia da Calábria, região do sul da Itália, tem uma arrecadação anual equivalente a quase 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, segundo apontou um estudo realizado pelo instituto de pesquisa italiano Eurispes.

BBC Brasil |

Segundo o relatório, divulgado na quarta-feira, os rendimentos da "Ndrangheta" - nome pelo qual a máfia calabresa é conhecida na Itália - chegam a 44 bilhões de euros por ano (R$ 114 bilhões), ou 2,9% do PIB italiano.

O tráfico de drogas responderia por mais de 62% deste total, afirmou o relatório.

"A indústria mais lucrativa é o trafico de drogas, que totalizou mais de 27 bilhões em 2007, mais de 62% do total do lucro ilegal", disse o presidente da instituição, Gian Maria Fará.

A Ndrangheta (nome derivado de palavra grega que significa "honra") atua no país inteiro e tem ligações com o crime organizado no leste europeu e com o tráfico de drogas em todo o continente.

Sindicato do crime

As 130 famílias que integram a Ndrangheta exercem grande controle na região e estenderam suas ações a nível mundial, aponta o trabalho.

A estrutura familiar sigilosa da máfia calabresa é considerada de difícil acesso para a polícia porque, ao contrário da siciliana Cosa Nostra, tem pouquíssimos informantes.

O estudo ainda afirma que a resposta do governo italiano é "inadequada", porque não "encara com seriedade" o alcance econômico e criminoso do grupo.

O relatório ressalta que "policiais e juízes precisam de mais recursos" para atuar contra os criminosos e alerta que o "sindicato do crime" está aumentado sua penetração na economia legal, não só na Itália como também em outros países, onde tentam lavar dinheiro sujo.

Em abril, uma operação policial na Calábria prendeu 38 pessoas acusadas de assassinato, extorsão e tráfico de drogas. Entre os presos, estavam diversos integrantes da Ndrangheta.

Leia mais sobre máfia

    Leia tudo sobre: mafia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG