Mães de americanos presos no Irã protestam em NY

Jovens estão em prisão iraniana há um ano, acusados de ingressarem ilegalmente no país

AFP |

As mães dos três americanos presos no Irã realizaram um protesto nesta sexta-feira em Nova York  para exigir a libertação dos jovens. Com cartazes que diziam "um ano é suficiente, deixem-nos ir" e "vingança para o Irã", os manifestantes protestaram em frente à sede da missão do Irã na ONU, no centro de Manhattan.

"Tenho um filho inocente que padece na prisão junto a outros dois amigos inocentes. É hora de poderem voltar para casa", disse Laura Fattal, mãe de Josh Fattal, 27 anos, um dos três presos.

© AP
Laura Fattal, Cindy Hickey e Nora Shourd protestam contra o Irã em Nova York

Ao lado de Shane Bauer, 27 anos, e Sarah Shourd, 31, Fattal saiu em 31 de julho do ano passado para uma caminhada no Curdistão iraquiano - região montanhosa que faz fronteira com o Irã - e foram presos por ingressar ilegalmente em território iraniano.

"O estresse mental e psicológico de meu filho e de seus dois amigos depois de um ano de prisão é terrível", comentou Laura Fattal, que há dois meses visitou seu filho na prisão de Teerã, onde ele está detido.

"Não temos novidades desde que retornamos", disse, por sua vez, Cindy Hickey, mãe de Shane Bauer. Ela agradeceu o governo americano pelos esforços realizados, mas comentou que "se estivessem fazendo o suficiente, Shane, Sarah e Josh já teriam voltado".

Sobre a possibilidade de realizar outra visita a Teerã, Nora Shourd, mãe de Sarah, disse: "Não queremos voltar lá para vê-los, queremos é que eles retornem de uma vez por todas para casa".

    Leia tudo sobre: irãeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG