Mãe dirige por 12 horas para abandonar filho em Nebraska

Uma mãe saiu do Estado americano de Michigan e percorreu mais de 1.100 km por doze horas para abandonar o filho de 13 anos no Estado de Nebraska.

BBC Brasil |

As leis de Nebraska permitem que adultos deixem crianças nos hospitais estaduais sem correr o risco de serem processados por abandonar os menores.

Segundo o jornal Omaha World-Herald, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos do Estado de Nebraska (HHS, an sigla em inglês) informou que o garoto foi deixado no Creighton University Medical Center, na cidade de Omaha, por volta de 1h30 da manhã de segunda-feira.

A mãe teria ido a Nebraska especificamente para deixar o filho.

Pelo menos 18 jovens - dois de fora do Estado - foram deixados em hospitais e estações de polícia de Nebraska desde que a lei entrou em vigor em julho. Em pelo menos um caso, uma jovem de 14 anos acabou retornando para a família.

"Assim como em outros casos em que a lei foi usada, a criança não aparenta estar e não estava correndo o risco de ser maltratada de nenhuma maneira", disse o diretor da Divisão de Crianças e Serviços Familiares do HHS, Todd Landry, segundo o Omaha World-Herald.

Landry disse que não podia dar informações sobre porque a mão decidiu abandonar a criança.

Segundo o Journal Star, de Lincoln, Landry também disse que "abandonar os filhos não é a maneira apropriada de lidar com problemas familiares".

    Leia tudo sobre: crianças

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG