A mãe dos óctuplos nascidos no fim de janeiro nos Estados Unidos rompeu seu silêncio quinta-feira em entrevista a um canal de televisão, afirmando ter sempre sonhado com uma grande família para explicar porque colocou oito embriões em seu útero se já tinha seis crianças.

"Isso sempre foi um sonho, de ter uma grande família, uma enorme família (...) quando menina, sempre senti vontade de manter ligações com outra pessoa, o que me faltou antes", como filha única, declarou Nadya Suleman, ao canal NBC.

Suleman, 33 anos, deu à luz em 26 de janeiro, de cesariana, seis meninos e duas meninas em um hospital de Bellflower, a 30 km a sudeste de Los Angeles. Ela deixou o estabelecimento quinta-feira, mas os bebês, prematuros, continuam lá em observação.

Suleman revelou que tentou ter crianças durante sete anos, sem sucesso, por inseminação artificial e um tratamento médico, antes de recorrer a um centro especializado, do qual não deu o nome.

"E de repente, a primeira fecundação in vitro feita neste estabelecimento funcionou, E decidi continuar", acrescentou.

tq/lm/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.