Mãe de menina britânica seqüestrada é presa

A mãe da menina britânica Shannon Matthews, que ficou desaparecida por 24 dias no mês passado, foi detida na noite deste domingo. Karen Matthews, de 32 anos, é acusada de obstruir o andamento das investigações.

BBC Brasil |

A menina Shannon, de 9 anos, foi encontrada no dia 14 de março escondida debaixo de uma cama em uma casa arrombada pela polícia, 24 dias após seu desaparecimento.

Um homem de 39 anos, tio do padrasto de Shannon, Craig Meehan, de 22 anos, foi preso na ocasião, acusado de seqüestrar a estudante.

Pornografia infantil
O próprio Meehan foi detido na semana passada, acusado de manter imagens ilegais de pornografia infantil em computadores vasculhados pela polícia durante as investigações pelo desaparecimento de Shannon.

Na sexta-feira, também foram detidas Amanda Hyett, de 25 anos, irmã do padrasto de Shannon, acusada de auxiliar um criminoso, e sua mãe, Alice Meehan, de 49 anos, acusada de obstruir a Justiça.

A polícia do condado de West Yorkshire, responsável pelo caso, afirmou que não divulgará mais nenhuma informação sobre a prisão da mãe de Shannon até a tarde desta segunda-feira.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG