Mãe de Fujimori morre no Japão, aos 97 anos

Lima, 13 mar (EFE).- A mãe do ex-presidente peruano Alberto Fujimori, Matsue Fujimori, de 97 anos, morreu no Japão de uma série de complicações que a mantinham em coma e convalescente de inúmeros problemas de saúde, informou hoje uma de suas netas.

EFE |

"Toda a família está muita abalada", disse a congressista Keiko Fujimori, filha do ex-presidente, à "Rádio Programas del Perú" (RPP).

A filha de Fujimori não especificou o dia morte de Matsue, que faleceu esta semana.

O ex-presidente, que ficou no poder entre 1990 e 2000, atualmente está sendo julgado por violações dos direitos humanos.

Segundo Keiko, Fujomir sabe da morte da mãe e, como toda a família, está sereno.

A matriarca dos Fujimori, nascida em 17 de janeiro de 1913, sofria de hipertensão arterial e de amnésia, esta última causada por sua idade avançada, destacou a "RPP".

Após dois derrames cerebrais e um quadro de pneumonia, Matsue foi internada em 2007 num hospital do Japão. EFE watt/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG