O gestor de fundos americano Bernard Madoff, suspeito de ter armado uma gigantesca fraude de 50 bilhões de dólares, vai se declarar culpado de 11 acusações, informou seu advogado, Ira Lee Sorkin, nesta terça-feira em um tribunal de Nova York.

Além disso, o procurador anunciou que vai pedir até 150 anos de prisão para Madoff.

De acordo com Sorkin, Madoff vai se declarar culpado na quinta-feira, dia previsto para o início de seu julgamento. O procedimento permitirá evitar um julgamento diante de um júri, e o juiz emitirá diretamente sua sentença.

Detido em 11 de dezembro passado, Bernard Madoff, 70 anos, está em prisão domiciliar em seu luxuoso apartamento de Manhattan.

sms/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.