Madoff não comprou títulos para investidores

Bernard Madoff, acusado de uma fraude de 50 bilhões de dólares nos Estados Unidos, jamais comprou títulos para seus clientes, revelou nesta sexta-feira o encarregado da liquidação de seus bens.

AFP |

Irving Picard disse à AFP que em uma audiência hoje no tribunal federal de Nova York informou "não ter provas que indiquem qualquer compra de títulos para os clientes" de Madoff.

Madoff foi detido em 11 de dezembro passado, após ter revelado a um sócio que havia montado uma "pirâmide financeira" ao estilo "Ponzi", que consiste em oferecer investimentos de alta rentabilidade baseados no próprio fluxo de investidores.

As declarações de Picard ao tribunal sugerem que o esquema de Madoff foi deliberadamente fraudulento desde o início, sem qualquer aplicação financeira em nome dos investidores.

Madoff, de 70 anos, pagou uma fiança de 10 milhões de dólares para sair da prisão, mas deve permanecer em seu apartamento de Manhattan e utilizar uma pulseira eletrônica de controle.

ltl/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG