NOVA DÉLHI - O Hotel Oberoi, um dos estabelecimentos de luxo que, em novembro de 2008, foram atacados por um grupo terroristas em Mumbai, na Índia, reabriu suas portas ao público neste sábado após a restauração de suas instalações.

Após cortar a fita e acender uma lâmpada em uma breve cerimônia de reabertura, o primeiro-ministro do Estado indiano de Maharashtra, Ashok Chavan, inspecionou o estabelecimento e almoçou com sua equipe, informou um porta-voz do estabelecimento.

AP
Empregados do Oberoi observam hotel após sua reinauguração

Empregados do Oberoi observam hotel após sua reinauguração


O Hotel Oberoi foi, juntamente com o Taj Hotel, um dos alvos do grupo de dez terroristas que atacou Mumbai no fim de novembro de 2008. Dos 166 mortos, dez eram funcionários do estabelecimento turístico.

Os terroristas resistiram entrincheirados em diferentes pontos dos dois hotéis, que ficaram seriamente danificados.

Com um custo de 1,8 bilhão de rúpias (30 milhões de euros), a restauração do Oberoi inclui novidades, como a redução dos quartos e o aumento do número de suítes, informou o presidente do hotel, Liam Lambert.

Leia mais sobre Índia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.