Lutas entre Exército e rebeldes matam 41 no Sri Lanka

Combates, bombas em estradas e ataques de morteiros na região norte do Sri Lanka deixaram 41 pessoas mortas hoje, das quais 32 eram guerrilheiros do grupo dos Tigres Tâmeis e nove soldados do governo, informaram hoje os militares. Segundo o Exército, os eventos aconteceram entre o território controlado pelo governo e a região onde os rebeldes Tâmeis estabeleceram um Estado independente no norte.

Agência Estado |

O porta-voz do Exército, o brigadeiro Udaya Nanayakkara, disse que no total 45 rebeldes e dez soldados foram mortos em lutas entre ontem e hoje. No pior dos choques, um combate na região de Mannar, 18 rebeldes e sete soldados morreram. O porta-voz dos rebeldes, Rasiah Ilanthirayan, não foi encontrado para comentar os eventos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG